Quarta-feira, 24 jul 2024
 
Facebook

Sindicato da Saúde notifica Hospital CASSEMS sobre Estado de Greve por 72 horas

A unidade Hospitalar de Três Lagoas está com Acordo Coletivo pendente desde 2022

Três Lagoas - Na terça-feira, 05, o Sindicato da Saúde, através do presidente João Carvalho, protocolou junto ao Hospital CASSEMS, unidade Três Lagoas, um indicativo de greve. O manifesto se dá pela inércia, ausência nas negociações coletivas e a intransigência da empresa em relação ao dissídio coletivo da categoria da enfermagem, pendente desde de 2022. 

Um dos principais entraves relacionados ao Acordo Coletivo 2022/23 é a discordância do Hospital em fazer os pagamentos retroativos à data-base, ou seja, maio do ano passado. “Não faz sentido essa postura da CASSEMS. A negociação está travada por culpa, unicamente, do lado patronal. Pedimos que a empresa cumpra os direitos estabelecidos nos acordos até que venha negociar com Sindicato o retroativo do Acordo Coletivo de 2022”, explicou João Carvalho. 

Com essa situação pendente, a negociação 2023/24 também fica prejudicada, de acordo com o presidente da categoria. “Infelizmente, o entrave do ano anterior reflete no Acordo Coletivo atual, afetando negativamente a qualidade de vida do trabalhador da saúde, já que vai para dois anos sem reajuste salarial”. 

Após o indicativo protocolado, a CASSEMS tem 72 horas para uma devolutiva, para evitar a paralisação dos empregados da unidade Hospitalar de Três Lagoas.