Quarta-feira, 24 jul 2024
 
Facebook

Polícia Militar apreende adubo receptado da fazenda de Mário Celso em Nova Independência

Produtos foram entregues na propriedade do ex-prefeito, Valdemir Joanini

Nova Independência - A Polícia Militar de Nova Independência, apreendeu aproximadamente 60 toneladas de adubo, desviado em março, cuja carga tinha como comprador e destinatário, a fazenda Santa Terezinha, de propriedade do prefeito de Andradina, Mário Celso Lopes. A carga total do produto estava avaliada em R$ 440 mil.

Através de denúncia do gerente da fazenda Santa Terezinha, R.R.Q.T, relatando que durante operação para adubação, na propriedade localizada em Nova Independência, percebeu a falta de 2 lotes de adubos (composição 20.05.19), totalizando 80 bags (32 + 48) que pesam 1.000 quilos cada, com preço avaliado em R$ 5.500,00 por bag de adubo.

Mediante tratativas do gerente do imóvel com a empresa responsável pela venda do adubo, conseguiu realizar o rastreamento da entrega da carga, que foi feita no mês de maio deste ano e constatou junto a transportadora que indicou que  os produtos foram entregues na Fazenda Canavieira, pertencente ao ex-prefeito de Nova Independência, Valdemir Joanini.

Em diligência a fazenda Canavieira, policiais localizaram 60 bags, mas no imóvel não havia ninguém. Procurado por nossa reportagem na tarde desta sexta-feira (16/09), o ex-prefeito de Nova Independência informou que a fazenda está arrendada para a usina instalada no município a 12 anos. “Não tenho nada a ver com isso, jamais.

Por eu não utilizar as benfeitorias, ou as vezes uso só em dezembro a março para guardar maquinários meus na entre safra. Depois desse período, o barracão fica desocupado e um funcionário da fazenda Santa Terezinha pediu se podia usar enquanto eu não precisasse e eu cedi enquanto não estou usando, mas desconheço tipo de mercadoria quantos são, que variedade é, não sei que data usaram, inclusive a casa da sede está emprestada para um morador da cidade que está passando por dificuldades e também não cobro nada dele” – disse Valdemir Joanini.

Segundo o ex-prefeito, a aproximadamente 4 meses em outra propriedade nas proximidades da sua, foram avistados bomba de poço, madeiras das casas e baterias e ele próprio teria informado a um investigador a época para avisar sobre os materiais. A ocorrência foi apresentada verbalmente ao Investigador Antenor, que compareceu ao local, também passando por perícia da Polícia Científica.

A delegada de Polícia Civil, dr. Michele, confeccionou o Boletim de Ocorrência por furto e receptação, sendo a carga liberada para retirada no próprio local, ficando à disposição de um funcionário da fazenda Santa Terezinha. Às outras 20 toneladas (20 bags) não foram localizados. A Polícia Civil continuará investigando o caso.