Sexta-Feira, 22 de Janeiro de 2021
 

Chocolate com Pimenta - Márcia Canevari

Eleições em Andradina

O cenário mais natural que se apresenta, que Jamil Ono (Patriotas) seria o candidato a prefeito e seria facilmente eleito este ano. Só que, se Mário Celso Lopes (PSDB) se apresentar na disputa, esse cenário pode mudar.

Sebastião da Santa Casa

Mesmo tendo organizado o PTB, desde o final do ano passado, o superintendente da Santa Casa de Andradina, em reunião com Jamil Ono deixou bem claro que não pretende se lançar ou apoiar outro candidato a prefeito.

Tamiko sem rejeição

A prefeita Tamiko Inoue hoje seria o caminho mais suave para a situação, porque a mandatária não tem praticamente nenhum índice de rejeição. Como eu sugeri o nome de Tamiko para as eleições de 2016, penso da mesma forma.

Marquinhos do Debate

O jornalista Marquinhos do Debate está se apresentando como pré-candidato a prefeito e vem aparecendo em enquetes. Um cara que tem amor por Andradina e muita vontade de realização.

Marcelo Mariano

O advogado Marcelo Mariano tem uma história em Andradina com projetos já realizados em todos os bairros. Caso Mário Celso não saia candidato, com certeza apoiará Mariano, que é seu amigo, advogado, em quem ele confia.

Dr. Flávio Amorim

Com mais de 12 mil votos e a segunda colocação em 2016, parece fácil vencer as eleições de 2020. No entanto, se Amorim tiver que enfrentar o caixa de Jamil Ono que tem apoio de várias empresas que atuam em Andradina e o carisma de Mário Celso Lopes, fecham-se as oportunidades.

Maurício Carneiro

Para ser prefeito, é preciso uma história, projetos realizados, o que infelizmente o advogado não reúne. Carneiro foi vereador por um mandato, teve uma participação ínfima, então fica difícil convencer o eleitor. Quando eu disse lá atrás que ele deveria ter mais um mandato como vereador, escrever a sua história, não gostou. Mas eu tinha razão.

Então...

Se futuro prefeito de Andradina for escolhido por sua história: Jamil, Mario Celso, Flavio Amorim e Marcelo Mariano saem na frente.

David Dunn

"O bem que hoje fazemos, é uma garantia de felicidade futura, embora nunca possamos dizer quando, ou de que forma essa felicidade virá às nossas mãos."

256,6 bilhões. Palestras? Avon? A fortuna de Marisa e Lula

O juiz Carlos Henrique André Lisboa, da 1ª Vara da Família e das Sucessões, responsável pelo processo de inventário de Marisa Letícia, pediu esclarecimentos ao ex-presidente Lula sobre aplicações de sua esposa.

256.6 bilhões? De onde?

Inventariante do patrimônio de Marisa, Lula precisa explicar uma aplicação de 2.566.468 unidades de CBD, com vencimento para o dia 18 de maio, emitidos pelo banco Bradesco.

Fortuna sem explicação: Dinheiro fácil

O magistrado quer que Lula esclareça se tais investimentos se referem a contratos anexados aos autos. De acordo com os documentos, cada CDB vale R$ 100. Caso cada título corresponda a esse valor, o investimento da ex-primeira dama chegaria a ordem de R$ 256,6 milhões.

Lula tem 20 dias para responder ao questionamento

O processo de número 1010986-60.2017.8.26.0564, do inventariante Luís Inacio Lula da Silva e do inventariado Marisa Letícia Lula da Silva, possui 568 páginas, e teve seu pedido de sigilo de Justiça negado, por não enxergar qualquer excepcionalidade que justificaria tal decisão.

Ao trabalho?

Em pronunciamento em rede nacional, Bolsonaro voltou a dizer que a grande maioria dos brasileiros quer voltar a trabalhar. O presidente também mandou recado a seus ministros: "Todos devem estar sintonizados comigo." Assista à fala, na íntegra.

Arquive-se

Ministro Marco Aurélio arquivou petição na qual houve apresentação de notícia-crime contra Bolsonaro por suposta prática do crime de infração de medida sanitária. Tratava-se de episódio no qual Bolsonaro participou e incentivou manifestações em favor do governo em época de isolamento social. O ministro acolheu a manifestação da PGR, a qual afirmou não haver indícios mínimos da prática de crime.

Competência

Estados têm autonomia para decidir sobre medidas restritivas durante pandemia. Assim decidiu o ministro Alexandre de Moraes em ação proposta pela OAB contra atos omissivos e comissivos do governo Federal.

Crítica à decisão

"Não espere que o negócio pereça. Adote as medidas que o bom senso e a experiência lhe recomendam." Este é o conselho dado por Almir Pazzianotto Pinto criticando a decisão cautelar do ministro Lewandowski, que obriga a negociação sindical para redução de jornada e salário prevista na MP 936.

Situação atípica Amicus Curiae

A ANPT - Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho e outras entidades trabalhistas pediram intervenção como amicus curiae na ADIn 6.363, que contesta a MP 936. A decisão cautelar foi incluída pelo ministro Toffoli na pauta de julgamentos do plenário, na sessão do dia 16 de abril. E o Supremo saberá sopesar os interesses em jogo.

Salve-se quem puder

Supremo está pegando todos os processos em estoque e está jogando no processo virtual. O relator lança seu voto, invisível ao mortal (aparecendo apenas o dispositivo), e os ministros apertam o botão "acompanha o relator" ou "divirjo do relator" (neste caso, inexplicavelmente também não aparece o voto). Ao final é que o advogado consegue saber o teor dos votos dos ministros. Nesse sentido, ao final da pandemia ninguém se espante se o STF aparecer com o estoque de processos zerado.

De: OAB / Para: STF

A OAB encaminhou ofício ao presidente do STF, ministro Toffoli, solicitando adequações no ambiente virtual da Corte. Um dos pedidos é que sejam disponibilizados, em tempo real, os votos proferidos pelos ministros.

Fundo eleitoral e partidário

Como não poderia deixar de ser, a decisão que bulia com o fundo eleitoral, aqui noticiada, foi prontamente suspensa. De fato, o desembargador Carlos Moreira Alves, presidente do TRF da 1ª Região, suspendeu a liminar porque a decisão interferia em atos de gestão e execução do orçamento público.

MP 946 – Saque do FGTS e extinção do PIS/Pasep

Publicada em edição extra do DOU, a MP 946/20 autoriza os trabalhadores com contas no FGTS a sacarem até R$ 1.045 entre 15 de junho e 31 de dezembro deste ano. Além disso, incorpora ao FGTS o patrimônio do PIS/Pasep a partir de 31 de maio deste ano. Com a migração dos recursos, o fundo será extinto.

MP 946 – Judicialização

PSB contesta MP 946 e pede no Supremo saque imediato do FGTS. Na inicial, partido alega que os critérios adotados pela norma "demonstram que os saques do FGTS beneficiariam os trabalhadores de maior renda e prejudicariam aqueles de menor renda, de modo que fica evidente o impacto desproporcional sobre esses trabalhadores.

Bom dia Leitor!