Quarta-Feira, 27 de Outubro de 2021
 

Alckmin anuncia nova versão do Poupinha, o atendente virtual do Poupatempo

Robô que atende pelo portal e pelo Facebook ganha atualização e desenvolvedora da ferramenta recebe financiamento de R$ 1,4 milhão

Estado - O governador Geraldo Alckmin anunciou na quarta-feira, 5 de abril, novas funções da ferramenta de atendimento virtual do Poupatempo, o “Poupinha”. As novidades foram apresentadas no evento “Inteligência Artificial para facilitar a vida dos cidadãos”, que aconteceu no Campus São Paulo - espaço do Google para startups. Na oportunidade, Alckmin assinou contrato de financiamento da agência de fomento paulista Desenvolve SP, com a startup Nama, empresa responsável pela tecnologia usada no Poupatempo.

O atendente virtual do Poupatempo, que tira dúvidas e faz agendamentos por meio de chat no portal do Poupatempo ou pelo Messenger, no Facebook, ganha agora esta segunda versão mais atualizada, que amplia sua capacidade de prestar informações aos cidadãos. O robô passa a ter maior capacidade de resposta para cidadãos que pedem informações sobre os serviços do Poupatempo. Além de fazer agendamentos, ele também vai tirar dúvidas sobre o serviço mais procurado no Poupatempo, a Carteira de Identidade (RG). Em breve passará a informar também sobre outros serviços como CNH e Atestado de Antecedentes.

“O Poupinha é inteligência artificial atendendo o Poupatempo. Ele fez em 99 dias, 8,5 milhões de atendimentos. Estamos ganhando tempo, reduzindo custos e filas, atendendo com qualidade”, comentou Alckmin sobre a ferramenta. “Vamos ampliar este trabalho, procurando atender melhor a população, de maneira mais rápida e mais eficiente através de inteligência artificial”, disse.

As novas funções foram apresentadas no evento organizado pelo Google e pela Nama Inteligência Artificial, com participação do governo do Estado, onde foi discutido como a inovação em inteligência artificial pode diminuir a distância entre os cidadãos e os serviços públicos.

O governador Geraldo Alckmin destacou o que essa ferramenta só esta em uso graças ao Pitch Gov SP - convocação de empresas tecnológicas realizada em 2015, que viabilizou a parceria entre a Nama com o coverno do Estado. O programa busca aproximar o poder público das soluções inovadoras e tecnológicas desenvolvidas por startups para questões de interesse público que melhorem a prestação de serviços ao cidadão. É a primeira ação do gênero realizada na América Latina e além da Nama, outras 11 empresas foram selecionadas e estão prestando serviços ao Estado de forma gratuita.

O Poupinha está em testes desde o final de dezembro de 2016 e já trocou mais de 8,3 milhões de mensagens em pouco mais de três meses. Foram mais de 540 mil chats pelo portal e pelo Facebook e mais de 217 mil agendamentos concluídos. A média de atendimentos é de 5,6 mil cidadãos por dia.

Atendendo com diálogos em linguagem natural, o robô chega a ser confundido com um atendente humano: ele já recebeu mais de 50,5 mil mensagens de "obrigado" e "Deus te abençoe".

Os testes com o Poupinha vão continuar até o dia 29 de junho, servindo como 'prova de conceito' do Convênio entre a Secretaria de Governo e a Nama para subsidiar a licitação que será aberta para contratar o serviço. O Poupatempo e a Prodesp estão preparando especificações para o edital de licitação que será aberto a todas as empresas interessadas, inclusive a Nama, que participa do desenvolvimento e testes.

O presidente do Google Brasil, Fábio Coelho, elogiou o Poupatempo pela iniciativa de investir em inteligência artificial para garantir a qualidade do atendimento. “O Poupatempo é motivo de orgulho para os brasileiros, pela excelência no atendimento”, afirmou. A subsecretária de Parcerias e Inovação Karla Bertocco, disse que intenção do governo paulista é chamar mais empresas de tecnologia para ajudar a solucionar desafios no serviço público, como foi feito com o Poupatempo. “Faremos nova convocação em maio, numa segunda fase do Pitch Gov SP”, anunciou.

O diretor de Serviços ao Cidadão da Prodesp, Ilídio Machado, responsável pela gestão do Poupatempo, explicou que o Poupinha é apenas um dos exemplos da estratégia de utilizar todas as tecnologias disponíveis para atender o cidadão. “Estamos investindo em canais eletrônicos, aplicativos e outras soluções como totens de autoatendimento para legar o serviço do Poupatempo até o cidadão”, afirmou.

O presidente da Nama – Tecnologia da Informação, Rodrigo Scotti, responsável pelo desenvolvimento do Poupinha, elogiou a disposição e o interesse do Poupatempo em investir em uma ferramenta de inteligência artificial para melhorar o serviço público. “É um exemplo para outras empresas públicas e privadas”, disse.

Programa Poupatempo

O Poupatempo é um programa do governo do Estado, executado pela Diretoria de Serviços ao Cidadão da Prodesp – Tecnologia da Informação, que, desde a inauguração do primeiro posto, em 1997, já prestou mais de 532 milhões de atendimentos. Atualmente conta com 72 unidades fixas, em todas as regiões administrativas do Estado, além de um posto móvel, que atendem mais de 180 mil cidadãos por dia.

Em 2016, o Poupatempo foi eleito pelo segundo ano consecutivo o ‘melhor serviço público de São Paulo’ pelo Instituto Datafolha. A Prodesp, que administra o Poupatempo desde a sua criação, foi eleita em 2016 a ‘melhor indústria digital do Brasil’, no ranking Melhores & Maiores da revista Exame.

Desenvolve SP assina financiamento com startup

O governo do Estado de São Paulo, por meio da Desenvolve SP – Agência de Desenvolvimento Paulista, assinou financiamento para a Nama, startup paulista responsável por desenvolver o sistema de inteligência artificial inédito no país, que vem prestando atendimento aos usuários do Poupatempo. O valor do financiamento é de R$ 1,4 milhão.

Além do financiamento via Desenvolve SP, Alckmin comentou também que a Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), também patrocina projetos de tecnologia das startups. “A missão é inovação, é pesquisa, é desenvolvimento. É a vocação de São Paulo unir a iniciativa privada, universidades, pesquisadores e o governo em parques tecnológicos”, comentou. “Estamos com a Desenvolve SP, financiando, e com a Fapesp, repassando recursos a fundo perdido”, explicou o governador.

A linha de financiamento utilizada foi a Inovacred, da Finep, com taxa de 0,60% ao mês, e prazo de até oito anos para pagamento, que inclui dois anos de carência. “Apoiar a inovação é contribuir para o crescimento de São Paulo. Projetos como o da Nama são importantes não só para a empresa que tomou o financiamento, mas para toda a sociedade, que poderá contar com serviços públicos mais eficientes,” diz Milton Luiz de Melo Santos, presidente da Desenvolve SP.

Uma das 12 classificadas no Pitch Gov.SP, programa estadual para atrair iniciativas inovadoras em busca de soluções voltadas à administração pública nas áreas de saúde, educação e facilidades ao cidadão, a Nama foi a primeira da lista a colocar sua solução em prática com o “Poupinha”, smartbot criado para ser o assistente virtual das 72 unidades do Poupatempo, no estado São Paulo.

Sobre a Desenvolve SP

A Desenvolve SP – Agência de Desenvolvimento Paulista é a instituição do Governo do Estado de São Paulo que financia, por meio de linhas de crédito sustentáveis, o crescimento planejado das pequenas e médias empresas e municípios paulistas. A Agência superou a marca de R$ 2,4 bilhões em financiamentos para mais de 1.600 empresas e prefeituras em 265 cidades. Para saber mais sobre a instituição acesse [www.desenvolvesp.com.br]www.desenvolvesp.com.br.

Assessoria de Comunicação - Diretoria de Serviços ao Cidadão – Prodesp.