Sábado, 4 de Dezembro de 2021
 

Aprovada reforma do Ginásio por R$ 700 mil

Castilho - Acatando um pedido constante dos praticantes de esporte castilhenses e também do prefeito Paulo Boaventura, a Câmara Municipal aprovou na segunda-feira (20) a tão esperada reforma do Ginásio de Esportes “Jorge Franco”. De acordo com levantamento de custos inicial feito pelo setor de Engenharia da Administração, a recuperação da quadra, banheiros, telhado, arquibancadas e vestiário deverá custar cerca de R$ 710 mil em verbas próprias dos cofres municipais.

De acordo com a justificativa apresentada pela Prefeitura à Câmara, o maior centro poliesportivo público de Castilho precisa passar por reformas urgentes visando adequá-lo às as regras e normas, inclusive de segurança, para poder garantir qualidade de vida às centenas de praticantes de esportes que costumam frequentá-lo fora deste período de pandemia

“Com o passar dos anos, nosso Ginásio sofreu muito com diversos desgastes naturais e sua intensa utilização. Embora diversas intervenções parciais tenham sido feitas ao longo deste período, os vestiários, banheiros, arquibancadas, telhado, piso e a quadra chegaram ao seu limite de utilização por terem recebido apenas reparos superficiais. Agora, estas medidas de manutenção paliativas não atendem mais às necessidades de manter a funcionalidade, a segurança e adequação ao uso público”, explicou Paulo Boaventura aos vereadores.

Em especial, a preocupação de esportistas e do próprio Governo Municipal estão voltadas à quadra poliesportiva, que é intensamente utilizada para diversas atividades em lazer, treinos, amistosos e competições oficiais de Handebol, Futsal, Basquete e Vôlei.

Antes de obter a aprovação legislativa para dar andamento à reforma, Paulo Boaventura lembrou que recentemente foram instalados climatizadores de ar no Ginásio de Esportes visando dar mais conforto a atletas e plateia, mas destacou que os investimentos devem ter continuidade para não testemunharmos incidentes dentro daquele espaço que recebe, inclusive, atletas de vários outros municípios durante jogos amistosos ou oficiais das competições promovidas por Ligas Regionais, Campeonatos Interescolares e outros.

“O uso do Ginásio é de caráter permanente e contínuo. Portanto, assegurar sua total funcionalidade e segurança é responsabilidade do Poder Público”, finalizou Boaventura.