Sexta-Feira, 16 de Abril de 2021
 

Plano Municipal de Cultura de Ilha Solteira é aprovado na Câmara Municipal

Ilha Solteira - Em sessão realizada na noite de segunda-feira, 15, a Câmara Municipal de Ilha Solteira aprovou o Plano Municipal de Cultura. O documento propõe metas a serem alcançadas pelas políticas públicas na área da Cultura na cidade para os próximos 10 anos.

O Plano Municipal de Cultura de Ilha Solteira foi elaborado por iniciativa do Conselho Municipal de Cultura, gestão de 2017 – 2019. Os membros do Conselho, que na época tinha Karina Limsi e Karla Handressa de Castro Oliveira como Presidente e Vice-presidente, promoveram um Fórum de Cultura no final do ano de 2017, com o objetivo de rever e atualizar o texto elaborado por uma Comissão nomeada em 2012, quando o Plano começou a ser pensado.

Para isso, os conselheiros convidaram os produtores culturais locais e representantes da sociedade civil para trabalharem na revisão e atualização das metas propostas. O Fórum de Cultura de 2017 foi presidido pela produtora cultural Edilva Bandeira, que foi coordenadora da Comissão de elaboração do Plano. Após a atualização das metas, o texto do Plano foi submetido para análise junto à Prefeitura Municipal e, em seguida, encaminhado à Câmara Municipal.

O Plano Municipal de Cultura de Ilha Solteira propõe nove metas na área da cultura, com o objetivo de serem cumpridas nos próximos 10 anos. O documento também tem como anexo o Plano Municipal do Livro e Leitura, formado por 13 metas.

Trata-se de uma conquista importante para o segmento cultural na cidade, já que se trata de um documento democrático, que foi escrito a partir de demandas que foram apontadas pelos próprios produtores culturais do município. Agora, ele servirá como um norteador das políticas públicas de cultura, guiando o poder público acerca do que é prioritário para o desenvolvimento cultural da cidade.