Terça-Feira, 2 de Março de 2021
 

Fiscais da Prefeitura fazem 1ª multa por uso de fogos de estampido

Marcel Calestini afirma que filmagens e fotos servem como prova da infração

Lei entrou em vigor em 21 de fevereiro de 2020, mas nenhuma multa havia sido aplicada

Andradina - O Departamento de Fiscalização de Tributos e Posturas lavrou na quinta-feira (21) a primeira multa por utilização de fogos de artifício de estampido em Andradina.

O uso deste tipo de fogos é proibido por uma lei de autoria do vereador Guto Marão, sancionada em 21 de fevereiro de 2020, mas a antiga administração não havia aplicado nenhuma multa até hoje.

Segundo o diretor do departamento, Marcel Calestini, a multa foi aplicada após uma festa familiar onde houve o uso de vários fogos de artifícios com estampidos em uma residência no Centro da cidade.

“Era reveillon e a queima de fogos foram registradas em fotos e vídeos pela vizinhança que encaminharam a denúncia. Então recomendamos o uso desses recursos de registro contras os infratores”, explicou Marcel Calestini.

Segundo a lei 3.644/20, que proíbe o uso de fogos de artifícios com estampidos, a multa para primeira ocorrência é de um salário mínimo (R$1.100,00; um mil e cem Reais).

A Lei

A cidade de Andradina entrou para o rol dos municípios que proibiram o uso de fogos de artifício com estampido no ano passado. A lei proíbe a comercialização, armazenamento, queima, soltura e manuseio de rojões, fogos de artifício ou qualquer artefato pirotécnico com estampido.

Cães e autistas, por sua sensibilidade aflorada, são os que mais sofrem com os estampidos, sendo que a aprovação da lei aconteceu com o apoio da APPAR (Associação Protetora de Animais de Andradina e Região) e também da AMA, associação de apoio a portadores de autismo no município. A lei não interfere na venda e utilização de fogos de efeitos luminosos.