Terça-Feira, 2 de Março de 2021
 

Andradina é uma das primeiras cidades da região a abrir a vacinação contra o Covid 19

A vacinação de Luzia ascendeu as esperanças da cura do Covid 19

Um cronograma com as faixas de idade e datas para a vacinação já foi oficializado

Andradina - O vice prefeito, Dr Paulo Assis vacinou a auxiliar de enfermagem Luzia Arcângelo dos Santos Augusto, de 62 anos, abrindo oficialmente a vacinação contra o Covid 19 em Andradina.

No ato que aconteceu nesta manhã (21) na Central Covid de Andradina, também foram vacinadas as enfermeiras que fazem a linha de frente no combate ao Covid 19 em Andradina.

“Com 27 anos de profissão Luzia foi escolhida pelos colegas para representar a classe que luta arduamente cuidando de outras vidas. A enfermagem é um verdadeiro sacerdócio. A dedicação dessas pessoas não será esquecida”, disse o vice-prefeito e médico Paulo Pereira Assis.

De acordo com o secretário de Saúde, Dr. João Leme, tudo está sendo preparado para dar início à vacinação em Andradina. A prioridade para as primeiras 90 doses é para os profissionais da saúde ligados ao combate ao Covid que é o público considerado de maior vulnerabilidade.

Após será iniciada a vacinação aos idosos maiores de 75 anos. Locais e logística de vacinação serão divulgados em breve. Um cronograma com as faixas de idade para a vacinação já foi oficializado. Confira a tabela abaixo.

A região de Araçatuba, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, receberá 3.640 doses da vacina Coronavac, produzida por meio de parceria do Instituto Butantan com o laboratório Sinovac.

Para que a vacinação avance é necessário a produção de mais vacinas que dependem de uma matéria prima importada. O governo federal também negocia a compra de doses da vacina pronta da Índia.