Quarta-Feira, 2 de Dezembro de 2020
 

Delegado envolvido com esquema ilegal perde cargo a pedido do Ministério Público

(Foto: Direção Concursos)

Homem colaborava para liberação de mercadorias irregulares

Um homem que ocupava a função de delegado da Polícia Civil e que foi acusado pelo MPSP de integrar esquema para liberação de mercadorias irregulares em um aeroporto paulista foi condenado de acordo com a Lei de Improbidade Administrativa.

A Justiça impôs ao réu a perda do cargo e do valor de R$ 43.048,62, que havia sido acrescido ilicitamente ao seu patrimônio.

A sentença estabelece ainda a suspensão dos direitos políticos e proibição de contratar com o Poder Público por dez anos, além do pagamento de multa equivalente a três vezes o valor auferido com o esquema.

Segundo a ação, investigações envolvendo monitoramento telefônico constataram a existência de uma organização criminosa responsável pela prática de crimes como descaminho, corrupção ativa e passiva, tráfico de influência, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

Os envolvidos permitiam a entrada no país de bens sem o pagamento dos tributos devidos, bem como ocultavam ou dissimulavam os recursos financeiros de origem ilícita obtidos a partir das práticas criminosas. O caso tramita em segredo de Justiça.