Segunda-Feira, 26 de Outubro de 2020
 

Docentes e administrativos do Centro Paula Souza recebem bônus no dia 25

(Foto: Marta Almeida Mendonça)

Bônus leva em conta metas alcançadas, taxas de conclusão de curso ou de sucesso escolar, entre outros

Serão beneficiados mais de 18 mil servidores, sendo 13.839 professores de Fatecs e Etecs e 4.421 administrativos; valor pode chegar a 1,12 salário

São Paulo - O Governo do Estado de São Paulo vai desembolsar aproximadamente R$ 104 milhões como reconhecimento aos servidores do Centro Paula Souza (CPS) que cumpriram e ultrapassaram suas metas na educação profissionalizante em 2019. O pagamento da Bonificação por Resultado (BR) aos professores e administrativos será no dia 25 de setembro.

Serão contemplados mais de 18 mil servidores, sendo 13.839 professores de Faculdades de Tecnologia (Fatecs) e Escolas Técnicas (Etecs) estaduais, além de 4.421 administrativos. O valor médio é de R$ 4.371,74, podendo chegar a até 1,12 salário.

“O pagamento do bônus pelo Governo do Estado reflete a dedicação e entrega dos nossos professores, que estão sempre buscando se aprimorar no ensino de qualidade, e dos nossos servidores administrativos igualmente comprometidos com o serviço público”, diz a diretora-superintendente do CPS, Laura Laganá.

Para receber o benefício, foram considerados resultados das metas alcançadas de cada unidade, em avaliações externas, como o Saresp, no caso das Etecs, reconhecimento e renovação de reconhecimento de cursos, no caso das Fatecs.

As taxas de conclusão de curso ou de sucesso escolar juntamente com o atendimento na execução de prazos e qualidade de serviços também foram levados em conta.

Sobre o Centro Paula Souza – Autarquia do Governo do Estado de São Paulo vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, o Centro Paula Souza (CPS) administra as Faculdades de Tecnologia (Fatecs) e as Escolas Técnicas (Etecs) estaduais, além das classes descentralizadas – unidades que funcionam com um ou mais cursos, sob a supervisão de uma Etec –, em cerca de 300 municípios paulistas.

As Etecs atendem mais de 224 mil estudantes nos Ensinos Técnico, Integrado e Médio. Nas Fatecs, o número de matriculados nos cursos de graduação tecnológica supera 85 mil alunos.