Segunda-Feira, 21 de Setembro de 2020
 

Entenda a importância do saneamento básico para a saúde

Estudo realizado pelo Trata Brasil mostra essa relação, essencial para a qualidade de vida da população

Andradina - Ter saneamento básico é o mínimo que uma comunidade precisa para viver com mais saúde e dignidade. Em Andradina, a população conta com serviços de água e esgoto de qualidade devido aos investimentos realizados pela Águas Andradina.

A água distribuída para os moradores da cidade é 100% tratada de acordo com as exigências estabelecidas pelo Ministério de Saúde e as crianças podem contar com flúor diretamente da torneira – produto importante para a saúde bucal.

A falta do acesso a esses serviços pode gerar consequências negativas nos setores de educação, geração de empregos, turismo e principalmente à saúde. Um balanço realizado pelo Instituto Trata Brasil em 2017 (“Doenças nas 10 melhores x 10 piores cidades“) relata que entre as 100 maiores cidades do país, os 10 municípios com os melhores números em água e esgoto apresentam índices bem menores em relação a doenças ligadas à água contaminada.

De acordo com dados do estudo “Benefícios Econômicos e sociais da expansão do saneamento básico no Brasil (ITB 2018)”, os problemas são graves nas beiras de rios e córregos contaminados ou em ruas onde passam esgoto a céu aberto, como em valas, sarjetas, córregos ou rios. Definitivamente, a exposição ambiental ao esgoto e a falta de água tratada provocam doenças que comprometem a saúde da sociedade e causam grandes impactos no sistema de saúde.

Para Maria Stela Maioli Castilho Noll, doutora do Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (Ibilce), de São José do Rio Preto, “a probabilidade das pessoas serem contaminadas por qualquer doença infecciosa é menor em cidades com coleta e tratamento de esgoto, como é o caso de Andradina”, afirma.