Quinta-Feira, 16 de Julho de 2020
 

Educação SP promove planejamento de aulas on-line do segundo bimestre

Formação ocorrerá por meio do Centro de Mídias SP; foco é alinhar diretrizes para potencializar o engajamento dos alunos no ensino mediado por tecnologia

São Paulo - A Secretaria Estadual da Educação promove a partir desta segunda-feira (1º) o planejamento das aulas mediadas por tecnologia do segundo bimestre com os professores da rede estadual. Será um período de formação, discussão e alinhamento de estratégias que ocorrerá diariamente, no aplicativo Centro de Mídias SP, até sexta-feira (5).

A participação dos membros do quadro do magistério (QM) e dos gerentes de organização escolar (GOEs) é obrigatória em todos os dias. Na quarta-feira (3), haverá uma programação específica para os agentes de organização escolar (AOEs).

Durante esta semana o Centro de Mídias SP (CMSP), por meio dos aplicativos e da programação na TV Educação e TV Univesp, vai reprisar os conteúdos destinados aos alunos da rede estadual, e não haverá aulas ao vivo.

As aulas on-line do segundo bimestre inéditas serão retomadas no dia 8 de junho. “Será uma parada para diminuir dúvidas e fazermos um planejamento das aulas com objetivo de organizar de forma mais clara para avançar no ano letivo. É preciso ter foco naquilo que é mais importante, o engajamento do aluno”, diz o secretário de Educação Rossieli Soares.

A programação ocorrerá entre os dias 1 a 5 de junho, das 9h30 às 16h30, por meio do canal Formação de Professores, no Centro de Mídias SP. Cada professor deve participar conforme sua carga horária. Na abertura na próxima segunda (1º), o secretário Rossieli Soares fará uma abertura e, em seguida, haverá uma palestra do historiador e professor Leandro Karnal.

Os conteúdos serão reprisados para os professores que tiverem acúmulo com outras redes e não puderem acompanhar as atividades ao vivo.

O encontro vai tratar de temas como rotina de papéis na aprendizagem não-presencial; uso pedagógico e técnico das funcionalidades do CMSP e outras plataformas licenciadas; produção das aulas dos CMSP; fechamento do primeiro bimestre e planejamento do segundo; estratégias para engajamento dos estudantes.

Haverá também tempo para o planejamento da unidade escolar e individual. As propostas que forem apresentadas ao longo do encontro serão discutidas pela rede, que trará suas contribuições.