Segunda-Feira, 24 de Fevereiro de 2020
 

Prefeita Fátima comemora meta alcançada da Campanha “Lacre Solidário”

Castilho – “Somos a primeira cidade da região e isso mostra o quanto somos um povo solidário!”. Foram com essas palavras que a Prefeita Fátima Nascimento comemorou o sucesso da campanha “lacre solidário”, na qual era necessário encher 140 garrafas pet de 2 litros para trocá-las por uma cadeira de rodas.

“Esta ação tão pequena, quanto guardar o lacre da sua latinha de refrigerantes ou cerveja, pode representar uma grande diferença na vida de outra pessoa”, disse o coordenador da campanha em Castilho, João Rodrigo Begas Prado, secretário municipal de Obras.

A campanha foi lançada oficialmente em fevereiro de 2018 e levou exatos dois anos para atingir a meta. Nesse período, a secretaria de Obras foi o principal ponto de coletas e o que não faltou foi solidariedade por parte dos castilhenses.

Entre os inúmeros voluntários, O autônomo Valdenir Alves Santana, popular Dema da Lata, foi um deles. “Eu vi a campanha que a prefeitura lançou na imprensa e fiquei sensibilizado pela causa”, diz Dema. Além dele, Maria Rosa da Silva, moradora do bairro Laranjeiras, foi outra que levou até a prefeitura um pouco do material já dentro de uma garrafa. “Sei que não é muito, mas todos lacres que vejo já estou recolhendo e de pouco em pouco a gente consegue fazer muito”, destacou a voluntária quando fez a entrega de seus lacres.

Até mesmo crianças se envolveram voluntariamente como é o caso da pequena Moniqui Alexandre Marcelino Modesto. Com o irmão Ícaro Alexandre e o primo Miguel Moraes Ferreira, Moniqui levou ao setor de coleta uma garrafa pet de 3 litros.

Outro voluntário que chamou bastante atenção foi o aposentado José Alves Bonfim de 84 anos, que doou cerca de 30 mil lacres. Essa quantidade foi o suficiente para encher quase 20 garrafas pet de 2 litros. De acordo com a filha Nice Bonfim, o pai juntou os lacres durante cinco anos. “Antes mesmo da campanha ser divulgada ele já ajuntava e dizia que algum dia haveria uma campanha como esta e de fato aconteceu”, recorda Nice.

Um motorista da Prefeitura de Castilho foi para São Paulo levar a carga de lacres e a Prefeita Fátima Nascimento deverá receber a cadeira já na próxima segunda-feira,03. Para o coordenador da campanha, alcançar essa meta tem um significado duplo.

“Esta iniciativa além de colaborar com o meio ambiente, já coletamos materiais recicláveis, teve como objetivo conquistar cadeira de rodas para famílias que não tem condições de comprar”, avaliou Prado.

Assim que receber a cadeira, a Prefeita Fátima Nascimento pretende destiná-la para alguma família carente que esteja necessitando. “Agradeço de coração todos voluntários que colaboraram com a campanha”, finalizou a Chefe do Executivo.