Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019
 

Depressão e suicídio são temas de palestra para alunos

Castilho – O “Setembro Amarelo” não está passando em branco em Castilho. Na quinta-feira, 12, alunos das escolas municipais e Estadual, participaram do ciclo de palestra sobre prevenção ao suicídio. Na parte da manhã a palestrante foi a psiquiatra Graziela Ângelo, e no período da tarde foi a psicóloga Ana Carolina. As duas abordaram de forma pedagógica e bem direta tanto as causas de depressões como as conseqüências que na maioria das vezes acaba de forma trágica.

Segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde), a cada 40 segundos uma pessoa comete suicídio no mundo. Dados da mesma pesquisa também apontam que esta é a segunda maior causa de morte entre jovens dos 15 aos 29 anos de idade, perdendo apenas para os acidentes de trânsitos.

Após a abordagem das duas profissionais, a equipe de agentes de Saúde (EACS) fez a dramatização musical de uma pessoa que estaria atormentada pela depressão com sinais claros de quem queria por fim a própria vida. Após esta apresentação, a psicóloga Raquel fez uma breve explanação do assunto e convidando os alunos a refletirem a respeito.

No encerramento da palestra foi entregue um jornal da Secretaria Municipal de Saúde com vários textos contendo relatos e dados de como identificar e até ajudar pessoas que estejam em processo de depressão.

Em Castilho há ainda o Ambulatório Psicossocial implantado pelo governo da Prefeita Fátima Nascimento para acompanhar mais de perto quem sofre dessa doença. No local há uma equipe técnica especializada no assunto, tal como psquiatra, psicólogo, enfermeira e ainda terapia em grupo com assistente social.

O tratamento é totalmente de graça. Para os interessados em busca de ajuda, o Ambulatório Psicossocial funciona na rua Tufik Abbud, lateral da EMEI Parquinho.