Segunda-Feira, 19 de Novembro de 2018
 

44º Festival de MPB atrai 8 mil pessoas à Praça da Integração

Ilha Solteira - O 44º Festival Nacional de MPB de Ilha Solteira aconteceu entre os dias 31 de outubro e 03 de novembro na Praça da Integração e atraiu um grande público. Cerca de 8 mil pessoas compareceram ao evento ao longo dos quatro dias de sua realização. O evento é uma realização da Prefeitura Municipal de Ilha Solteira, em parceria com Apaa (Associação Paulista dos Amigos da Arte), Fundação Cultural de Ilha Solteira, Sesc e CTG Brasil.

O Festival de MPB apresentou 28 canções vindas de toda parte do país, e que disputaram os principais prêmios. Além disso, a programação contou com uma série de apresentações. Na quarta-feira, 31, o show Nossa Ilha Nossa Trilha celebrou os 50 anos de Ilha Solteira com músicos da cidade interpretando grandes canções da história do Festival.

Já na quinta-feira, 01, aconteceu a apresentação do grupo Tarumã. Na sexta-feira, 02, a Orquestra Jovem de Ilha Solteira abrilhantou o evento com o concerto Clássicos do Rock, que circula em diversas cidades por meio da Temporada de Apresentações 2018, realizada pelo Ministério da Cultura e patrocinada pela CTG Brasil. E no sábado, 03, o cantor Zeca Baleiro fez o encerramento.

A canção “Do Lado de Dentro”, de São Paulo - SP, composta por Thiago K e Kleuber Garcez e interpretada por Isabela Moraes e Thiago K, foi a grande vencedora do 44º Festival Nacional de MPB de Ilha Solteira. “No Tempo dos Trilhos”, de Zé Alexandre e Chico Lobo, interpretada por Zé Alexandre, ficou com a segunda colocação. Carlos Gomes e Jessica Stephens, por “Dois Zoínhos”, alcançaram o terceiro lugar. Já o quarto prêmio foi entregue à “Celebração”, de Zebeto Corrêa e Martin César. Em quinto lugar, ficou “Caburé”, de Gui Silveiras.

Jessica Stephens, por “Dois Zoínhos”, ficou com o prêmio “Tereza Albuquerque”, de melhor intérprete; “No Tempo dos Trilhos”, de Zé Alexandre, foi consagrada como melhor letra, levando o prêmio “Marcos Ayres”. Já o prêmio de aclamação popular foi entregue à “Do Lado de Dentro”, de Thiago K e Kleuber Garcez. Este ano, o prêmio ganhou o nome de “Clóvis Guerra”, em homenagem ao apresentador do Festival, que faleceu recentemente. Também foram entregues os prêmios para Ilha Solteira: “Perguntas à Beira do Abismo”, de Nilo Carvalho e Denis Sanches, levou o Prêmio Rachel Dossi de Melhor Música de Ilha Solteira; e Djalma Djah, vocalista da banda Singa Pura ficou com o Prêmio Alcides Garcia de Melhor Intérprete de Ilha Solteira, pela sua interpretação de “Brasil Blues”.

Confira os vencedores do 44º Festival Nacional de MPB de Ilha Solteira:

1º lugar - “Do Lado de Dentro”;
Compositor: Thiago K e Kleuber Garcez;
Intérprete: Isabela Moraes e Thiago K.

2º lugar - “No Tempo dos Trilhos”;
Compositor: Zé Alexandre e Chico Lobo;
Intérprete: Zé Alexandre.

3º lugar - “Dois Zoínhos”;
Compositor: Carlos Gomes;
Intérprete: Carlos Gomes e Jessica Stephens.

4º lugar - “Celebração”;
Compositor: Zebeto Corrêa e Martin César;
Intérprete: Zebeto Corrêa.

5º lugar - “Caburé”;
Compositor e intérprete: Gui Silveiras.

Prêmio Clóvis Guerra de Aclamação Popular: “Do Lado de Dentro”;
Compositor: Thiago K e Kleuber Garcez;
Intérprete: Isabela Moraes e Thiago K.

Prêmio Tereza Albuquerque de Melhor Intérprete: Jessica Stephens.

Prêmio Marcos Ayres de Melhor Letra: “No Tempo dos Trilhos”;
Compositor: Zé Alexandre e Chico Lobo;
Intérprete: Zé Alexandre.

Prêmio Rachel Dossi de Melhor Música de Ilha Solteira: “Perguntas à Beira do Abismo”;
Compositores e intérpretes: Denis Sanches e Nilo Carvalho.

Prêmio Alcides Garcia de Melhor Intérprete de Ilha Solteira: Djalma Djah (Banda Singa Pura), por “Brasil Blues”.