Sábado, 23 de Junho de 2018
 

Joaquinzão requer moledo, demarcação de solo e rebaixamento de terreno no entorno do asilo

Andradina – Em requerimentos aprovados na última Sessão Ordinária, o vereador Joaquim Justino da Silva (PSDB), sugeriu providencias quanto ao moledamento e construção de guia na Rua Evandro B. Calvoso entre a Rua Tamandaré e Rua Malvina Biazon Roque no Bairro Pereira Jordão.

No segundo requerimento, Joaquinzão sugere estudos e providencias quanto a ação de demarcação de solo nas localidades onde foram efetuados recapes e de maiores fluxo no trafego de veículos, visando minimizar os riscos de acidente devido à falta de sinalização de solo. Explico: “Evitando que algum motorista venha a se confundir por alteração de curso preferencial devido à falta de sinalização”.

Em outro documento, o vereador solicita informar se há possibilidade de execução quanto ao rebaixamento do aterro – talude – que se encontra ao lado do Asilo, Rua Dom Pedro I dentre a Rua Alcides Fernandes Paiva e Rua Sakichi Kuriyama.

“Visando a necessidade de promover melhoramento na qualidade de vida e saúde dos munícipes residentes naquela localidade, este vereador requer saber se há possibilidade de planejamento junto ao competente setor do Governo Municipal, quanto ao rebaixamento do aterro – talude – que se em contra em um trecho de aproximadamente 200 mts ao longo da Rua Dom Pedro I, ao lado do Asilo São Vicente de Paula, dentre a Rua Alcides Fernandes Paiva e Rua Sakichi Kuriyama. Haja vista que pelo fato do talude na localidade, dificulta a passagem de pedestres, os mesmos trafegam pela via, expostos aos veículos que ali transitam, correndo sérios riscos de provocarem acidentes de gravidade e outro problema que ocasiona alem do mato que cresce, é o uso da localidade para descarte de entulhos e lixos.

A solicitação do nivelamento do solo traria indiretamente melhoria na saúde das pessoas que ali convivem, evitando também possíveis criadouros do mosquito aedes egypti e proliferações de escorpiões ou outros animais peçonhentos, como também melhorando a vista dos que fronte ao talude, residem. Proporcionando qualidade de vida onde os mesmo podem se sentar final de tarde como se faz todo bom vizinho residentes do interior”, finaliza Joaquinzão.