Quarta-Feira, 22 de Janeiro de 2020
 

Cetesb multa Constroeste em R$ 27,6 mil por vazamento de óleo

(Foto: Guilherme Baffi )

Funcionária do Semae coleta material para análise

A mesma quantia foi aplicada contra transportadora apontada como responsável por poluir o lago 2 com corante azul

São José do Rio Preto - A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), aplicou duas multas, no valor de R$ 27,6 mil cada uma, contra a Joasa Transportadora e Constroeste, por vazamentos de corante azul e óleo, no final de dezembro de 2019, que poluíram o lago 2 da Represa Municipal de Rio Preto.

Segundo a Cetesb, as duas empresas vão ter 20 dias de prazo para apresentarem recurso contra as multas. Somente após análise das defesas apresentadas, os valores serão cobrados, segundo autarquia.

Além da Cetesb, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente aplicou multas de R$ 7 mil contra a transportadora e a construtora.

O que dizem as empresas citadas

Procurada nesta terça-feira, 14, a Joasa Transportadora informou que não irá se manifestar sobre a multa da Cetesb, mas adiantou que já contratou advogado para contestar ma Justiça a punição.

A Constroeste foi procurada durante toda esta terça-feira, 14, por meio da assessoria de imprensa, mas, até o momento, não enviou resposta para os questionamentos.