Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019
 

Podcasts podem movimentar US$ 1 bilhão até 2021 – educação financeira entra na pauta

Segundo pesquisa do Ibope, pelo menos 40% dos usuários de internet no Brasil já ouviram, ou ouvem podcasts

Os podcasts têm se tornado muito populares, isso se deve ao fato de que o usuário tem como pausar, ouvir de onde parou e salvar seu programa favorito para ouvir depois e quantas vezes quiser. Uma pesquisa feita pela Interactive Advertising Bureau (IAC) revelou que o crescimento anual dos podcasts é de 53% e que só nos Estados Unidos, em 2018, esse mercado movimentou US$ 479,1 milhões.

Além disso, o estudo estima que em 2021 os streamings de podcast terão gerado nos EUA, pelo menos, US$ 1 bilhão. Este mercado começa então a crescer e se popularizar no Brasil, voltado principalmente ao humor e entretenimento, mas ao longo do tempo foram assumindo novas formas, tanto na questão de conteúdo como de tempo. Os podcasts passaram a estar presentes em diversas plataformas e com grande parte do público composto por jovens.

Quando chegaram ao Brasil, em 2004, ainda não tinham um grande alcance, mas por volta de 2015 os podcasts começaram a se popularizar e marcar presença nos principais streamings. Uma pesquisa realizada pelo Ibope mostrou que pelo menos 40% dos usuários de internet no Brasil já ouviram, ou ouvem podcasts. Mais um ponto marcante é a linguagem fácil e moderna como se aborda os temas, por mais sérios e complexos que possam ser.

Recentemente, seguindo este advento, se iniciaram algumas parcerias que visam abordar temas de utilidade pública de forma leve e acessível. Por exemplo, a Nova Futura Investimentos que se juntou com o Nerdcast, e há 1 ano, formaram o Nerdcash, um podcast que aborda temas diversos sobre economia e educação financeira. “Há 1 ano atrás nós começamos uma parceria com a equipe do Jovem Nerd com o intuito de trazer educação financeira”, conta Vinicius Fuzikawa, Coordenador de Conteúdo da Nova Futura Investimentos.

Segundo Vinícius, os episódios do Nerdcash, com cerca de uma hora cada, são publicados todas as 2ª sextas-feiras do mês. Vinícius diz que na 1ª temporada, que conta com 12 episódios, o podcast já abordou temas como previdência, finanças pessoais, renda fixa, mercado trader e economia geral, que segundo Fuzikawa têm o intuito de educar o cliente. “Falamos sobre uma série de temas sempre voltados à educação financeira, esse conteúdo não fala sobre abrir contas, mas sim sobre educar o ouvinte”, acrescenta o Coordenador.

Sobre a Nova Futura Investimentos

Sócia-fundadora da BM&BOVESPA, a Nova Futura Investimentos, foi fundada em 1983, atua nos mercados de commodities, renda fixa, renda variável e seguros. Com presença nacional, a instituição financeira conta com 21 escritórios espalhados por diversas cidades do país. Ao longo de mais de três décadas de existência, se consolidou como uma das maiores e mais independentes casas de investimentos do Brasil.

Com tradição no mercado institucional, vem se tornando referência no varejo, oferecendo a mesma qualidade já ofertada ao mundo empresarial agora também para pessoas físicas. Em 2017, confirmando a tradição de excelência, a corretora recebeu o selo Nonresident Investor Broker, que reconhece a estrutura organizacional e tecnológica especializada na prospecção de clientes, prestação de serviços de atendimento consultivo assim como execução de ordens e distribuição de produtos da BM&FBovespa para investidores não residentes.