Sábado, 25 de Maio de 2019
 

Chocolate com Pimenta - Márcia Canevari

Millor Fernandes

"Todo o mundo é um palco. Mas não precisava tanto exibicionismo." E após tantos escândalos que permearam o Poder legislativo de Andradina, finalmente Mário Gay teve seu mandato de vereador cassado.

Dia triste para Andradina

A tarde de terça-feira, dia 16 de abril, não foi de comemoração, mas de tristeza para Andradina, pois um vereador cassado, é uma perda para o município.

Os vereadores

Quem esteve presente a Sessão Extraordinária, sentiu a tristeza de cada vereador, tanto que a maioria sequer quis usar o tempo na tribuna para justificar seu voto.

Seriedade

Os vereadores foram obrigados a se despirem do carinho e amizade que nutrem pelo ex-vereador, devido a convivência de mais de 2 anos, para colocar ali naquela votação o homem público, o representante do povo.

Sofrimento

Edgar Dourado verteu lágrimas ao abraçar a mãe de uma das vítimas do vereador Mário Gay; Kal Baiano não quis dar entrevistas; o presidente acabou de ler o decreto de Cassação e saiu do local sem falar com ninguém; Joaquinzão (o único que votou contra o relatório) saiu nervoso sem conseguir segurar seus sentimentos, atacando a imprensa e alguns colegas.

A justiça foi feita

Após a sessão, alguns grupos estavam se despedindo do lado de fora da Câmara Municipal, quando o ex-vereador Mário Gay apareceu, jogou a sua moto na rua e partiu pra cima do repórter Henrique Neto (SRC TV) e proferiu ameaças de morte ao vereador Silas Carlos de Oliveira.

Desequilíbrio

O ato só veio a confirmar que os nobres pares que votaram pela cassação estavam corretos em suas decisões, pois Mário Gay teria partido para cima de qualquer um deles que estivesse naquele local.

Wilson Bossolan

Já na próxima segunda-feira, o 1º suplente Wilson Bossolan deverá tomar posse da cadeira no Legislativo, que pertence ao partido PPS. Bossolan teria se desfiliado do partido, no entanto antes da homologação de sua saída no Cartório Eleitoral, voltou atrás e continuou no PPS.

Honra a quem tem honra

O presidente da Câmara Municipal professor Carlos Ceará conduziu os trabalhos da primeira CP ocorrida na história do município, com seriedade e pulso firme. Ceará contou com o apoio dos servidores da Casa de Leis, dos membros da CP e do 1º e 2º secretários Hernani Martins da Silva e Luiz Gustavo Marão Calestini.

Dr. Gustavo Corazza

O advogado de defesa do ex-vereador Mário Gay também teve brilhante participação na sessão, no entanto não conseguiu convencer os vereadores, que infelizmente assistiram a maioria das acusações atribuídas ao acusado.

Jamil Ono

Muitas pessoas nas redes sociais diziam que o ex-prefeito iria interferir na votação da CP na tentativa de proteger Mario Gay; no entanto isso tudo caiu por terra, pois cada vereador votou segundo sua consciência e seriedade com o Poder Público.

Eduardo Bolsonaro quer elevar Ayrton Senna a Herói da Pátria

O deputado federal Eduardo Bolsonaro, apresentou um projeto no qual o objetivo é colocar Ayrton Senna como Herói da Pátria. O projeto já foi aprovado pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte e agora cabe aprovação do plenário do Senado. Um dos grandes destaques é o trabalho filantrópico de Senna, que segue sendo realizado até hoje, e suas demonstrações de amor pelo Brasil.

Justiça bloqueia R$ 39 milhões de Geraldo Alckmin e executivos da Odebrecht

As coisas não andam nada fáceis para Geraldo Alckmin. Além de ter sido derrotado nas eleições de 2018, o tucano ainda segue sendo investigado por improbidade administrativa.

A 13ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo

Por meio de decisão do juiz Alberto Alonso Muñoz, bloqueou R$ 39,7 milhões em bens de Geraldo Alckmin e cinco ex-diretores da Odebrecht.

Réus

Os seis se tornaram réus por improbidade administrativa num processo que apura repasses de R$ 7,8 milhões por parte da empreiteira para Alckmin durante a campanha de reeleição de 2014 ao governo do Estado de São Paulo. Em troca Alckmin teria favorecido a construtora em seu mandato.

Museu de Nova York rejeita sediar premiação a Bolsonaro

O Museu Americano de História Natural, de Nova York, anunciou que não sediará o jantar de gala de premiação do presidente Jair Bolsonaro como Personalidade de 2019, promovido pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos.

Bolsonaro Personalidade de 2019

O jantar está programado para o dia 14 de maio. Os ingressos, vendidos a 30.000 por pessoa, já esgotaram. Ocorreria no Salão da Vida do Oceano, onde uma baleia azul fica suspensa sobre as mesas dos convivas.

Bolsonaro ‘começou a compreender’ o que é governar, diz Rodrigo Maia<

Em participação no Fórum Veja Exame, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia(DEM-RJ), reconheceu que o presidente Jair Bolsonaro está mais aberto ao diálogo com os partidos políticos após 100 dias no Palácio do Planalto, disse que ele “começou a compreender melhor o que é governar o Brasil e o que é o Parlamento”. “Foram 100 dias com turbulência, mas o avião passou no meio da turbulência perfeito”, comparou o democrata, que teve atritos públicos com Jair Bolsonaro.

Cada um no seu quadrado

No CE, uma audiência teve de ser suspensa em razão de um desentendimento entre a juíza que presidia a sessão e uma promotora de Justiça. A representante do parquet ficou em pé durante a audiência porque não quis se sentar ao lado dos advogados e das partes, invocando prerrogativa do MP de se sentar à direita do juiz.

Por falar em cadeira

CCJ da Câmara aprovou PL que determina que advogados fiquem na mesma altura que juízes em audiência.

Truculência

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra a atuação agressiva de um juiz de Direito mineiro durante audiência. "Cala a boca que eu tô falando", ele diz à testemunha. Após barulho que parece um soco na mesa, ele também ameaça o homem: "não discute comigo não, ou o senhor sai preso daqui também".

Defesa

A Amagis saiu em defesa do juiz. Em nota, destaca a atuação do magistrado "no histórico combate à criminalidade" e afirma que ele "precisou agir com rigor para evitar manobras e tentativas de obstrução da Justiça".

Puxar a capivara

O magistrado mineiro do caso acima já responde a sindicância no TJ/MG em episódio lamentável. Ele foi processado pela ex-noiva por agressão física e moral após cerimônia de casamento de ambos. No processo, o magistrado apresentou conversas da ex-noiva com um terceiro, que, segundo ele, demonstrariam "perversão e pornografia em grau máximo". O Tribunal, por sua vez, considerou que a conversa é irrelevante para o julgamento, e que o juiz obteve as conversas sem autorização judicial, motivo pelo qual foi instaurada a sindicância.

STF – Pauta – 1º semestre

Depois do célebre adiamento do dia 10, ministro Toffoli reorganizou as pautas do plenário para este semestre. Entre os temas, restrição de transporte por aplicativos, indulto, lei de responsabilidade fiscal e índice de correção monetária dos débitos judiciais da Fazenda Pública.

STF – Pauta – 2º semestre

O presidente do Supremo também divulgou pautas de agosto: porte de armas para agentes de segurança socioeducativos, efeitos da aposentadoria espontânea sobre o contrato de trabalho, restrição à participação em concurso público de candidato que responde a processo criminal e recursos que discutem PIS/Cofins.

Sessões extras

Ao estruturar a grade de sessões do 2º semestre, a Corte informou que, em cada mês, serão convocadas duas sessões pela manhã para permitir que, em uma sessão do mesmo mês, os ministros não precisem se reunir em plenário. A ideia, segundo o informe, é garantir aos ministros mais tempo para se dedicarem aos processos sob suas relatorias, ou pedidos de vista, e aos processos mais complexos que estão em seus gabinetes. Na prática, ganha um prêmio se neste dia todos estiverem em Brasília.

Foro privilegiado

Raquel Dodge encaminhou manifestação ao STF na qual opina pela procedência de duas propostas de súmula vinculante sobre o foro por prerrogativa de função.

HC de Lula

Ministro Gilmar pede destaque e retira do plenário virtual pedido de liberdade de Lula. Recurso será julgado em sessão presencial da 2ª turma. (HC 165.973).

Da terra do Pinguim

Palocci foi condenado pelo juiz de Direito Reginaldo Siqueira, da 1ª vara da Fazenda Pública em Ribeirão Preto/SP, por improbidade administrativa durante o ano de 2002 em sua gestão como prefeito.

Trabalho

Palocci pede autorização à Justiça para voltar a trabalhar. Ex-ministro, que cumpre domiciliar, recebeu convite para assessorar Instituto Universal Brasileiro, que oferece cursos à distância.

Trabalho – II

Condenado há 26 anos por fraudes na construção do TRT/SP, por corrupção ativa, estelionato e peculato, Luiz Estevão recebe autorização para trabalhar fora do presídio. Decisão é do juiz da vara de Execuções Penais do DF, Vinicius Santos Silva.

Engraçado

Num país onde mais de 14 milhões de cidadãos honestos, ficha limpa continuam de porta em porta entregando currículo, bandidos de colarinho branco arranjam empregos com tanta facilidade. É de se estranhar. O que será que o Pallocci vai ensinar aos alunos do Instituto Universal Brasileiro?

Avianca – Recuperação judicial

O juiz de Direito Tiago Henriques Papaterra Limongi, da 1ª vara de Falências e Recuperações Judiciais de SP, concedeu na última sexta-feira a recuperação judicial da Avianca. Foi homologado plano de recuperação aprovado em Assembleia Geral de Credores, realizada no último dia 5.

Cultura – Recuperação judicial

Credores da livraria Cultura aprovaram o plano de reestruturação do grupo, que pediu recuperação judicial em outubro do ano passado. Foi aceita proposta de desconto de até 70% da dívida com prazo de até 12 anos para amortização.

"Erguei as mãos e dai glória a Deus"

O desembargador Gilberto Campista Guarino, do TJ/RJ, deferiu parcialmente uma liminar para suspender a publicação, distribuição e venda de exemplares da obra "Ágape", de autoria do padre Marcelo Rossi, por violação de direito autoral. A suspensão se dá até que a editora Globo comprove a retificação de autoria de trecho do livro.

Curandeiros de araque

A 15ª câmara de Direito Criminal do TJ/SP manteve a condenação de homem que se passou por benzedeiro e de sua comparsa por praticarem estelionato contra idosa. Sabendo dos problemas de saúde da vítima, os curandeiros pediram que a idosa trouxesse notas de alto valor, senão faleceria em poucos dias.

Justiça Militar – Competência

Órgão Especial do TJ/SP declarou inconstitucional resolução do Tribunal de Justiça Militar de SP que determinava que policiais militares apreendessem objetos que tivessem relação com crimes militares, como armas, cápsulas e documentos, para posterior solicitação de perícia.

Urgente!

Segundo "O Antagonista", a redação da revista Crusoé recebeu, via oficial de Justiça, a decisão de Alexandre de Moraes que determinou que ambos portais retirassem “imediatamente” do ar a reportagem de capa da última edição, intitulada “O amigo do amigo de meu pai”. Matéria esta, publicada com base em um documento que consta dos autos da Operação Lava Jato. A decisão também ordenou que a Polícia Federal intimasse os responsáveis pela publicação da reportagem “para que prestem depoimentos no prazo de 72 horas”. O ministro afirma, segundo "O Antagonista", haver “claro abuso no conteúdo da matéria veiculada".

Adilson Lamas

Penso que as acusações contra o presidente do STF têm que ser apuradas sim. E se forem verídicas ele tem que ser punido de acordo com as leis. Ninguém está acima da lei.

Alfredo Schuh

Bora lá vamos investigar o STF todos nós sabemos que ali temos o maior problema do Brasil, porque o equilíbrio de tudo e a lei, mas no Brasil tudo e tendencioso e na justiça isto não pode acontecer.

Wagner Galdino

Bolsonaro e o único que pode ativar o artigo 142 pra isso temos que sair às ruas e clamar uma intervenção. A ditadura do judiciário sempre existiu,eles vivem em outra realidade, um mundo a parte, agora as coisas são mais evidentes por causa das redes sociais, imaginem o quanto de arbitrariedades esses loucos já cometeram esses anos todos de escuridão.

Daniel Furlan

O STF não é lugar para advogados indicados por amigos políticos ou partidos, como por exemplo, Alexandre de Moraes e Toffoli. O Supremo é lugar para juízes federais de carreira sem vínculo partidário.

Roger Felix

O que está me deixando grilado e o silêncio de Bolsonaro para que o mal prospere basta que os bons cruzem os braços. Art. 142. As Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, são instituições nacionais permanentes e regulares, organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da República, e destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem.

João Magalhães

Ou alguém acaba com esse STF, ou o STF acaba com o Brasil!

Lourdes Dias Carneiro

Está na hora do congresso apresentar projeto para que os ministros do STF façam concurso e não admitidos por escolha do presidente. E com prazo de permanência, como é na presidência, senado, assembléia, etc...

Reclamação

Um morador do Quinta dos Castanheiras nos enviou uma mensagem com a seguinte indagação: “Sou aposentado e recebi 4,5% de aumento salarial. Porque tenho que pagar 40% de aumento na conta da água, se nem mesmo a inflação do país chegou a dois dígitos. Peço que os vereadores tomem providências, porque isso é uma injustiça com o povo sofrido de Andradina”.

Repasse

Repassamos o questionamento a Arsae e aos senhores vereadores, a quem cabe uma resposta a esse contribuinte.

Bom dia, leitor!