Quarta-Feira, 21 de Agosto de 2019
 

Tamiko acompanha início da Semana de Combate ao Aedes aegypti

Ação é uma parceria do Governo de Andradina e do Governo do Estado no combate ao mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus

Andradina - O Governo de Andradina foi sede do lançamento da Semana de Combate ao Aedes aegypti realizada pelo Governo do Estado de São Paulo. A mobilização visa o combate ao Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus. O Programa Estadual de Combate à Dengue prevê ações integradas entre as Secretarias de Saúde, Educação, Infraestrutura e Meio Ambiente, Defesa Civil, Artesp, Polícia Militar, além do apoio da Prefeitura de Andradina.

A prefeita Tamiko Inoue participou do lançamento, na manhã desta segunda-feira (11), na UBS (Unidade Básica de Saúde) da Vila Mineira, ao lado do coordenador da Secretaria do Estado de São Paulo, Osmar Mikio, da dirigente Regional de Ensino, Selênia Silvia Witter de Melo, e do secretário municipal de Saúde e Higiene Pública, Marcelo Gimenez, entre outras autoridades.

A Vigilância Epidemiológica e a Sucen (Superintendência de Controle de Endemias), Defesa Civil, além da equipe da Saúde de Andradina realizaram visitas casa a casa para eliminar o criadouro do mosquito e orientar a população. “Essa parceria é importante, para que possamos juntos vencer essa batalha contra o mosquito transmissor”, comentou Tamiko.

Até o dia 16 de fevereiro serão realizadas ações coletivas, como arrastões, limpezas e eliminação de criadouros, além de distribuição de materiais informativos. Também está previsto para o dia 13 de fevereiro o “Dia D” de limpeza nas margens das rodovias para retirada de pneus, entulhos e outros itens que podem ser potenciais criadouros do mosquito.

O “Dia D” nas escolas estaduais acontece na sexta-feira (15), com a mobilização dos alunos para “caça” a possíveis criadouros. Já vem ocorrendo em Andradina, a ação “Alice Marques contra a dengue: despertando consciência e transformando atitudes”, que envolve toda equipe escolar, alunos e comunidade e tem por objetivo estimular o controle da proliferação, não só da dengue, e também do escorpião, com atividades dentro e fora da sala de aula, como exposições, discussões sobre o tema, pintura de muros, e acompanhamento dos discentes as visitas dos agentes de Saúde.

Além dessas medidas, o Governo de Andradina vem fazendo diversas ações para diminuir os casos de dengue, como o mutirão realizado nos bairros Vila Botega, Stela Maris, Jardim Brasil e que vai seguir para outras regiões da cidade, além do trabalho constante dos agentes de Saúde e Endemias, e dos setores responsáveis pela fiscalização e limpeza de terrenos que estão irregulares. Outro trabalho em conjunto com a Sucen é a nebulização que vem acontecendo em todo o município.

A prefeita Tamiko Inoue também emitiu um decreto estado de emergência na saúde pública municipal, por epidemia de dengue e riscos de outras doenças. Entre diversas medidas, o documento reforça que a Administração Pública deve primar pela observância do interesse público, em detrimento ao interesse privado, atuando, em casos relativos, com extrema prudência, na busca pela eliminação nos riscos da doença.