Terça-Feira, 18 de Junho de 2019
 

Guaraçaí se despede do ex-prefeito “Tio Cride”

(Foto: Toninho do Carmo/O Noroeste Rural)

Guaraçaí - O ex-prefeito de Guaraçaí Euclydes Cestari, 79 anos, morreu no último domingo de Páscoa. Ele estava internado na Santa Casa local com uma crise de insuficiência dos órgãos. Há quase dois anos o ex-prefeito que, era chamado carinhosamente de “Tio Cride”, lutava contra um câncer no pâncreas. Os médicos haviam previsto que Euclydes não suportaria 4 meses de vida, mas ele dobrou essa expectativa e ainda permaneceu com a família por 8 meses após esse diagnóstico.

Em outubro do ano passado foi homenageado com o Título de Cidadão Guaraçaiense, conferido pela Câmara Municipal. Euclydes deixou 8 filhos, dos quais 6 são biológicos: Washington, Alba Maria, Wilerson, Euclydes Filho, Cristiane, Marcelo e filhos agregados Zenira e Sidney. Sua esposa dona Arminda, apesar das sequelas de um AVC, esteve no velório que se realizou na Câmara Municipal de Guaraçaí e contou com carinho dos parentes e de aproximadamente 20 netos.

O padre Fernando, pároco da Matriz de Nossa Senhora Aparecida, dirigiu as orações finais antes do cortejo fúnebre e solicitou aplausos como homenagem ao benfeitor que se despedia. O ex-prefeito era devoto da santa padroeira do município e foi responsável pela fixação de uma imagem dela na avenida de entrada da cidade.

Como prefeito eleito pelo PMDB que na ocasião estava no Governo de São Paulo, conseguiu grandes feitos para o município como a pavimentação da estrada para o bairro rural de Formosa, a construção de 60 moradias populares e a construção da primeira lagoa de esgoto do município.

No cemitério de Guaraçaí, o filho caçula Euclydes Júnior fez um breve discurso agradecendo o carinho de todos, incluindo os profissionais de saúde particulares e também da Santa Casa de Guaraçaí que cuidaram de seu pai, assim como todos os parentes e amigos que estiveram consolando a família enlutada.