Quarta-Feira, 26 de Junho de 2019
 

MST ocupa fazenda Lagoão em Itapura

Ocupação do MST a fazenda Lagoão

Itapura – 400 pessoas ligadas ao MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) ocuparam na manhã de sexta-feira (03/08), a fazenda Lagoão, localizada no município de Itapura. A propriedade de 1766 hectares, pertence ao grupo Peperone Empreendimentos e Participações, cuja sede segundo informações fica no Uruguai.

Segundo os coordenadores da direção estadual do MST, Alexandrina Rodrigues do Carmo – a “Nina” e Paulo Gonçalves – o “Paulinho”, o juiz federal Jatir Pietroforte Lopes Vargas da 1ª Vara Federal em Jales, extinguiu o processo – “o posicionamento do juiz foi tendencioso, levando em consideração um laudo pericial mentiroso, onde afirmava que o imóvel possuía projeto técnico de reforma de pastagem, adubação, fato que não condiz com a verdade e esperamos que o Tribunal (TRF da 3ª Região), reforme a decisão de primeira instância e corrija a injustiça social que vem causando”, comenta “Nina”.

O imóvel foi considerado improdutivo em 2001 e decretado pelo Presidente da República em 2002. Em junho de 2004 o INCRA (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), protocolou a ação de desapropriação do imóvel, tendo depositado R$ 8.064.386,11.

“Entramos em contato com o Ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, com alguns Senadores, deputados federais e com o Ouvidor Agrário Nacional, desembargador Gercino José da Silva Filho, e em breve estaremos denunciando o juiz ao Conselho Nacional de Justiça pela parcialidade, já que grupo estrangeiro não pode ter terra no país, segundo a legislação nacional e a Constituição Social, que reza que imóveis que não cumpre com sua função social é passivo de desapropriação”, justifica “Paulinho”.

Essa foi à terceira ocupação que o MST realiza na fazenda Lagoão, sendo a anterior em junho de 2007. Segundo os organizadores, estão aproximadamente 110 crianças e 20 idosos participando da ocupação. Os manifestantes pleiteiam a desapropriação, além da fazenda Lagoão, também as fazendas Santo Ivo (Pereira Barreto), Santa Maria e Jangada (ambas em Sud Menucci) e Itapura (Castilho).

Na manhã desta segunda-feira (06/08), por telefone, “Paulinho” informou que a audiência com o Ministro da Justiça, deverá acontecer na próxima quarta-feira em Brasília.