Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020
 

CDHU abrirá inscrições para 128 casas ainda não construídas em Castilho

Castilho – A Prefeita Fátima Nascimento comunica que as inscrições para concorrer a uma das 128 casas populares do bairro “Castilho E” (área acima do “Conjunto Habitacional Nelson Borges”), ocorrerão de 30 de janeiro a 03 de fevereiro de 2020. Diferente das 124 que estão em fase final de construção no bairro Laranjeiras (Castilho F / Conjunto Habitacional Newton Moreira de Carvalho), as moradias, referente ao novo empreendimento, ainda não tiveram início a construção devido a nova metodologia de trabalho da CDHU, sendo que nesta modalidade primeiramente se realizam as inscrições e, posteriormente, já com os contratos assinados pelos futuros moradores, inicia-se a construção do conjunto.

“As famílias aprovadas na análise de crédito promovida pela Caixa, Prefeitura e CDHU deverão assinar os respectivos contratos de financiamento antes do início das obras (crédito de imóvel na planta)”, diz o item 8.1 do edital 24/2020 divulgado pela CDHU.

Todas as unidades serão destinadas às famílias com renda familiar bruta mensal entre R$ 1.200,00 e R$ 5.817,75. Cada casa será composta por dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço com área total de 47,87 m2.

“Temos um déficit habitacional muito grande em Castilho. Mas estou empenhada para diminuir muito essa carência. Pois no total são 252 casas. As 128 das inscrições imediatas e mais as 124 casas em fase de acabamento no Laranjeiras ”, garante a Prefeita.

Diferente das outras inscrições, estas serão exclusivamente pela internet. Os interessados deverão acessar o site da CDHU: www.cdhu.sp.gov.br. Para aqueles que tiverem alguma dúvida poderão procurar pela Secretaria de Assistência Social e Cidadania para qualquer tipo de esclarecimentos.

Três servidores públicos municipais estiveram em São Paulo passando por capacitação diretamente com a equipe da CDHU. Luiz Fernando, Margarida Lopo e Fabiano Ferreira estão aptos para atender a população castilhense e tirar todas dúvidas.

“É bom deixar claro que as inscrições são gratuitas e não há necessidade de apresentar nenhum documento agora. Os documentos só serão exigidos após o sorteio”, esclarece Luiz Fernando.

Prioridade

Conforme o Edital, das 128 casas, 03% serão destinadas a pessoas idosas, o que equivale a 04 casas. Outras 7% serão destinadas a pessoas com alguma deficiência, no caso 09 moradias. Para policiais seja Militar, Civil ou Agente Penitenciário serão destinadas 4%, ou seja 06 casas. E, para o público geral, serão sorteadas 109.