Sábado, 15 de Dezembro de 2018
 

Fogos de artifícios: veja como proteger o seu cão

Médica veterinária dá dicas para que o pet não sofra em festa como réveillon

O fim de ano está chegando e a comemoração do réveillon com muitos fogos de artifícios preocupam os donos de pets. Nessa época do ano, os cães demonstram medo escondendo-se, chorando, latindo, batendo com as patas no chão e até mesmo urinando devido ao barulho.

De acordo com a médica veterinária e diretora clínica do Grupo Vet Popular, Caroline Mouco Moretti, como a audição dos cães é bem mais sensível que dos humanos, eles sentem medo excessivo desse tipo de barulho por isso é importante dar segurança ao seu amiguinho. “Ao longo de todo o dia acostume seu cão com o som, ligue a televisão, rádio ou coloque um CD ou DVD para tocar.

Outra dica é manter as janelas e cortinas fechadas no dia da festa para isolar o som dos fogos de artifício e, além disso, fique de olho no seu animal de estimação e mantenha-se por perto dele, se possível. diz Caroline. “Se o seu cão tem medo, nunca o leve a um espetáculo de fogos de artifício.”, afirma.

Animais são influenciados pelo comportamento dos seus donos por isso é imprescindível que mantenham tranquilidade na hora dos fogos, assim passará confiança para o seu cãozinho. “Não o obrigue a fazer nada que ele não queira, já que essa atitude pode acarretar em um aumento do medo e o cão pode se tornar um cão agressivo se sair de sua zona de conforto. “Caso o seu pet queira se esconder, deixe.”, aconselha a especialista.

A médica veterinária reforça ainda que se o cachorro ficar com medo exagerado de fogos e até passar mal, o veterinário pode indicar um tranquilizante para que o cãozinho mantenha a calma nesses momentos.

Sobre o Grupo Vet Popular

O Grupo Vet Popular iniciou suas atividades em 2008 com sua primeira unidade do Hospital Veterinário Vet Popular na Av. Conselheiro Carrão. Esta unidade é a primeira na característica de hospital 24h a preços populares da zona leste de São Paulo. Após seis anos o Grupo inaugurou, ao lado do primeiro hospital, um Centro de Diagnósticos para exames gerais em pets. Em 2015, com a abertura da segunda unidade do hospital na zona norte, o grupo passou a expandir suas ações para outras regiões da cidade.

Com serviços de internação, cirurgia 24h, consultas de especialidades, raio-x digital, ultrassom, centro de imunização e laboratório, o espaço se destaca pela quantidade de clientes e atendimento diferenciado ao longo dos anos. A empresa também promove importantes campanhas de castração, além de cuidados com a estética do animal com banho e tosa, remoção de tártaro e serviços diferenciados como o de táxi-dog, por exemplo.